Vejo você

Passei despercebida em meio a grandes arranha-céus. Desviei diversas vezes meu olhar de semblantes deslocados. Coloquei as mãos no bolso para que ninguém as pudesse tocar. Tudo porque andei a guardar meu melhor gesto só para você. Senti, no meio do caminho, não uma pedra. Mas que eu necessitava de tempo para raciocinar a melhor forma de encontrá-lo. Parei, demorei, voltei e apareci sem […]