La lune

Todos os dias ordenava para a minha vitrine os ternos traços, que dessa maneira os julgava, de mim. Decepcionava os que procuravam por marcas notáveis à primeira vista. Após duas ou três olhadelas, esgotava-se o meu leque de cartas nada radiantes. Em meio ao ritual do revés, pela pequena fresta da janela, eu avistei uma luz. Foi […]

Noite de alva Lua branca

Por ser a viagem tão longa, acredito que isso possa ser o desânimo de muito mal grado para tantos. Porém, estar ao seu lado compensa tudo, por fim. Chegar às montanhas é ter uma lareira, mas não ter um cobertor. Beijo-lhe no carro, em sua saída, ao abrir a porta, ao deixar a chave cair, […]

Sono dos justos

A Lua, cuja bruma superficial Encanta além do seu nevoado Rés-do-chão, pôs-me a sonhar, Inesperadamente, com Seu sugestivo pensamento Perfeitamente agradável à vista. Fui pega de sopetão, nem imaginei Sequer que cairia em seus braços Doces e perfumados de cafuné. Sensível, confortada e leve, Assim eu estava defronte a melhor Espressão de bondosa noite. Acabei […]

Providência

Perguntei ao Senhor Por qual motivo fez-se o céu. Uma mistura de colorido diverso Transparecido pelo pincel. Belas são as estrelas Que amparam vários amores. Tirando-os do poço de mágoas, Apartando todas as dores. E logo quando vem o arrebol, Frouxa-viçosa aparece a Lua. Que ilumina tropel, E destaca moça na rua. (Ouvindo “Chet Baker […]