Fases de encanto

Eu há tempos andava só. Vagava por certos corações sem, sequer, poder parar por mais de três simplórios e contados meses em junto. Posterior e novamente só. Só só. Confesso que outrora senti fastio no peito quando tropecei em sílabas isoladas de palavras incompletas que meu destinatário fez cair em meio ao chão. Andei por […]

Complexidade intuitiva

Meu coração não chora. Aliás, sente-se feliz externamente já que compraram o choro de um pobre burguês falido e fajuto. Ele sente medo e demonstra. Vive em meio do antagonismo do sofrer e viver. Sinto pena desse coração. Coração medroso, falho e precipitado. Não sabe guardar segredos e esconde-se de verdades absolutas um tanto incontestáveis! […]