Amor #5

Eu disse que estava sem sono. Não queria dormir, tampouco contar as horas de sono até que o Sol aparecesse e me desse dois tapas na face. Eu lhe acordei. Mexi os cabelos, de leve. Um beijo no rosto. Vi seus olhos despertarem, metade sono, metade curiosidade, então um sorriso. “Oi, amor, tô sem sono”. […]