Soneto da sintonia

Imagine de sons um caminho estar repleto.
Deixe-os flutuar, em turbilhão, de leste a oeste,
Pois é esta a orientação que me deste
Para fazer sentido o teu refrão predileto.

Diariamente harmonizo a falta do teu afeto
Com canções que a minha boca reveste.
Não canto, nem falo o que já soubeste,
Embora meu silêncio não se faça discreto.

E assim, pelo caminho, te reencontrei
Na mesma frequência e sintonia
De sons que unem nosso momento.

Enquanto ouço esta sinfonia,
Entendo que no meu pensamento
Para sempre, de ti, lembrarei.

(Ouvindo “Amanda Merdzan – All Of You”)

 

Anúncios

16 comentários sobre “Soneto da sintonia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s