Nota de Fevereiro

Eu disse uma vez que iria recompor todos os rascunhos deixados de lado. Disse, assim como o fiz com tantas outras coisas caídas na imensidão do esquecimento. Porém, desta vez, prometi a mim mesma que algo diferente iria emergir a cada dificuldade nova e a cada novidade difícil de ser aceita. Mas já se passou das três e eu ainda uso a mesma carcaça velha. Tenho as mesmas palavras cravadas nas articulações imóveis, que pouco se modificam, que pouco se movimentam, para transgredir o que antes pode ser encarado como mal acabado. E se eu sim, errei em deixar algo, que eu o encontre novamente. Mas, sinceramente, acredito que não.

(Ouvindo “Kate Nash – Nicest thing”)

Anúncios

2 comentários sobre “Nota de Fevereiro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s