Ou tom qualquer

Uma nota só.
Frio cortante.
Chove na Lama,
Rua sem graça.
Bebidas quentes,
Bebidas frias,
Tanto faz.
Sem cobertura.
Beija-me.
Rostos desconhecidos.
Dói-me,
Sempre.

É só mais uma noite de um outono afastado qualquer.
Que sabe passar,
Mas eu não sei.

(Ouvindo “Djavan – Nem um dia”)

Anúncios

Um comentário sobre “Ou tom qualquer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s